Em visita ao Paraná, Embaixador da China vai a encontro na ACP

Aconteceu no final da tarde desta quinta-feira, 28, em Curitiba, a visita do

Gláucio Geara saudou o Embaixador Li Jinzang

Embaixador da República da China no Brasil, Li Jinzhang, à Associação Comercial do Paraná, para um encontro com empresários e representantes de segmentos diversos, especialmente da área cultural.

O diplomata, que se fazia  acompanhar de numerosa comitiva, nela

Embaixador Li Jinzhang, Gláucio Geara, Carlos Eduardo Guimarães,  Chen Peijie e Flávia Simões

incluída a Cônsul Geral da China em São Paulo, Chen Peijie, veio a Curitiba, a fim de  participar da abertura – marcada para sábado, 30, às 17 horas, no MON-Museu Oscar Niemeyer – da Bienal Internacional de Curitiba, que tem a China como País homenageado. Traduzindo um grande projeto de intercâmbio cultural, a  Bienal apresentará 238 obras, escolhidas pelo Ministério da Cultura da China como representantes da arte contemporânea chinesa, no MON,  um dos maiores da América Latina.

Na ACP

         Na ACP, Li Jinzhang foi recebido pelo presidente Gláucio Geara, pelo vice-presidente e Coordenador do CONCEX-RI-Conselho de Comércio Exterior e Relações Internacionais, Carlos Eduardo Athaýde Guimarães,  pela Coordenadora do Conselho de Cultura da ACP, Flávia Simões, e pelo presidente da Bienal Internacional de Curitiba, Luiz Ernesto Meyer Pereira.

 

Encontro prestigiado e muitos interessados em contatos com a China

Em sua saudação inicial, Gláucio Geara ressaltou a importância da visita, dizendo que certamente será histórica, figurando como um marco no incremento das relações comerciais e de amizade entre o Paraná e a China. Luiz Ernesto também falou, referindo-se à participação chinesa na Bienal e o que isso significa para o evento e para a cultura paranaense.

 

Conforme tradição,o Embaixador plantou uma árvore, que irá para uma praça da cidade

Depois da exibição de um vídeo, mostrando o desenvolvimento da China de hoje, as ações do BRICS (que reúne Brasil, Russia, Índia, China e África do Sul), o atual estágio das relações entre a China e o Brasil, inclusive focalizando a recente presença do Presidente Michel Temer na China, os encontros que teve com os dirigentes chineses e os acordos de cooperação firmados, o Embaixador Li Jinzhang discursou, manifestando a certeza de que esse encontro há de ser útil para a futura cooperação entre China e Brasil, especialmente entre China e Paraná. Referiu-se ao crescimento da China e a  sua posição no cenário econômico  mundial, citando números sobre  o peso de suas exportações e importações. Lembrou que o desenvolvimento chinês, se comparado a  uma fase anterior, hoje está moderado e também comentou sobre a  presença da China no Brasil através de grandes investimentos, em diferentes setores de nossa economia, salientando que muitos outros certamente ainda virão.

O representante chinês recebeu Certificado de Reconhecimento da ACP

Houve ainda manifestação de Juliana Vosnika, diretora-presidente do MON, que saudou o Embaixador, falou da presença chinesa na Bienal de Curitiba e convidou a todos para a abertura do evento, “que vai marcar época e nos encher de orgulho”.

Entre os presentes, o Ministro Paulo Roberto Palm, Chefe do EREPAR-Escritório de Representação do Itamaraty no Paraná; o Presidente do Corpo Consular do Paraná, Cônsul Thomas Augusto Amaral Neves; e mais os Cônsules Pedro Ezequiel Marotta (Argentina), Ozeil Moura dos Santos (Senegal) , Kiyoshi Ishitani (Filipinas), Carlos Eduardo Guimarães (Finlândia), além de Saturnino Hernando Gordo e Fernando Miranda (eméritos), de Eduardo Pereira Guimarães, presidente do IRIP-Instituto de Relações Internacionais do Paraná, e de Jáder Alves, Secretário de Estado da Cultura em exercício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *