Em Prudentópolis, Festival de Gastronomia Eslava

Prudentópolis é a terra das grandes cachoeiras e berço dos ucranianos no Paraná

Conhecida como “Terra das Cachoeiras Gigantes” e berço da colonização ucraniana no Estado, a cidade de Prudentópolis, vai realizar de 20 a 22 de abril deste ano seu I Festival de Gastronomia Eslava. O projeto, que associa gastronomia e turismo, foi apresentado quinta-feira, 11, ao presidente da Paraná Turismo, Manoel Jacó Gimennes, em Curitiba, por representantes da administração do Município, localizado na região Centro-Sul do Estado, a 207 km da Capital.

Coube a Cristiane Guimarães Boiko Rossetin, da área de Turismo, e a Nadir Vozlvoda, da área da Cultura, fazerem a apresentação da iniciativa, mostrando  detalhes do evento gastronômico. Participaram , ainda, da

Representantes de Prudentópolis (e) em reunião na Paraná Turismo

reunião na Paraná Turismo, a Diretora Técnica do órgão responsável pela execução da política turística do Estado, Deise Bezerra, e a jornalista Jussara Voss, Coordenadora do Projeto Gastronomia Paraná.

Segundo a Paraná Turismo, o Festival da Gastronomia Eslava é fruto do processo de desenvolvimento turístico de Prudentópolis e irá integrar os empresários

Salto Manduri, um dos mais bonitos do Município

que atuam na área de alimentação fora do lar. O órgão estadual será parceiro dessa inciativa, pois o setor é considerado estratégico para alavancar o plano Paraná Turístico. Os organizadores contam com a participação especial do SENAC Gastronomia e do SEBRAE.

Para o Presidente Jacó Gimennes, “nos últimos três anos, Prudentópolis foi quem teve mais investimentos no processo de turistificação, ganhando destaque como destino emergente, e agora ganha força com o festival gastronômico que integra as culturas ucraniana e polonesa”.

As igrejas testemunham a presença ucraniana

Prudentópolis faz parte da região turística Terra dos Pinheirais. O município, com cerca de 50 mil habitantes, foi fundado em 1906, recebendo o nome em homenagem ao presidente do País, Prudente de Morais. A imigração de ucranianos para a região durou até meados da década de 1920 e, atualmente, o Município é considerado o mais ucraniano do Brasil, sendo 80% da população descendente dos imigrantes. A cidade tem muitas construções – especialmente templos religisosos – cuja arquitetura lembra a origem de seus habitantes, vindos da Ucrânia, em sua maioria.

O Município, com várias serras e morros, ainda se destaca pelas belezas naturais, uma vez que conta com mais de cem cachoeiras devidamente catalogadas, algumas delas com mais de cem metros de altura. Nele também nasce o rio Ivai, que é o maior do Estado, em extensão. Além de todos esses apelos turísticos, Prudentópolis tem ainda, com divulgador de suas belezas e de sua cultura, o Grupo Folclórico Vesselka a como referência da origem ucraniana de sua gente. <>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *