24º Salão Paranaense de Turismo chega ao fim com resultados positivos

Evento reforça sua proposta de ser o ponto de encontro do Turismo estadual e  seu compromisso com a discussão de temas relevantes para o  desenvolvimento do setor

António Azevedo (e) falando na abertura do Fórum do Turismo Rodoviário (Foto Kelly Knevels)

Otimismo e determinação foram as marcas da 24ª edição do Salão Paranaense de Turismo, que ocorreu de quinta-feira, 26, até este sábado, 28, no EXPO Unimed  Curitiba. Com clima agradável, o Salão novamente foi o ponto de encontro de profissionais do trade turístico no Sul do País e agregou capacitação técnica, feira de negócios, premiações e exposições.

Como inovação e ponto forte desta edição, o Salão trouxe como novidade  o

Deltan Dallagnol falando no encerramento do Salão (Fotos ACR)

Fórum Nacional de Turismo Rodoviário e, com isso, tornou mais robusta sua agenda de capacitação técnica. “Faz-se necessário discutirmos a fundo o setor e eventos como o Salão cumprem essa função”, disse o presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens do Paraná (ABAV-PR), Antonio Azevedo. No Fórum, cinco painéis reuniram lideranças e especialistas ligados ao turismo rodoviário e chegaram a um consenso: faz-se necessária a sinergia entre iniciativa pública e privada e a especialização de profissionais ligados ao setor, com atuação multidisciplinar. As discussões do Fórum devem motivar uma reunião entre entidades nas próximas semanas, onde seu resultado deve ser preparado para encaminhamento a autoridades competentes.

Público atento  acompanhou a palestra do Procurador da Lava Jato, que falou sobre “Ética e Combate à Corrupção nos Negócios”

Além do Fórum, mais 20 oportunidades de capacitação técnica compuseram a programação, tratando de temas ligados à gestão, tecnologia, vendas e destinos nacionais e internacionais. “Montamos uma agenda que contemplou todos os perfis de profissional do trade turístico e estamos felizes com a receptividade”, disse a vice-presidente de Capacitação da ABAV-PR, Lissandra Bueno. Para encerrar a programação, o Procurador do Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol, falou aos presentes sobre ética nos negócios. “Slogans como ‘fazemos qualquer negócio’ e ‘foco nos resultados’ devem ser ressignificados”, disse, incentivando a rejeição às justificativas racionais para comportamentos que estimulam a corrupção. A fala do Procurador Chefe da

Exposição de produtos para público qualificado

Foz do Iguaçu sempre presente, como “destino do mundo” que é. No estande, a presença familiar de Justo José Ocaranza, gerente de marketing do Duty Free, de Puerto Iguazu/Argentina

Outro ponto marcante do evento foi a audiência qualificada. Com o feriado de 1º de maio próximo ao evento, os corredores da Feira estavam mais vazios, mas, quem visitou a Feira o fez com intenção de fazer negócios. As quase 300 marcas que expuseram nessa edição mostraram-se satisfeitas com os resultados da Feira, pois puderam conversar mais com os visitantes, detalhando mais seus produtos e serviços, e vislumbrar novas alianças de trabalho ou o fortalecimento de contatos já estabelecidos. No evento, os expositores puderam mostrar as novidades para a temporada de 2018 e 2019 e foi marcante o volume de promoções de ocasião, especialmente por parte das operadoras de turismo. “Com os expositores que conversei,  até mesmo os mais críticos, notamos que eles estavam satisfeitos. Alguns já manifestaram a vontade de estar conosco no ano que vem”, comemora Antonio Azevedo.

Santuário Nacional de  Aparecida, presença forte no turismo religioso do País

Outros destaques

O 24º Salão Paranaense de Turismo foi também marcado por homenagens e oportunidades de networking.  Já na abertura solene, diversas personalidades do trade turístico estadual foram homenageadas. Honrarias também aconteceram na entrega do Prêmio Qualidade no Turismo, promovido pelo Sebrae Paraná.

Aroldo Schultz (d), diretor da Schultz Operadora, com sua equipe, na feira. Aroldo está otimista com o trabalho que vem realizando em Portugal, onde está residindo 

Fechou o evento o lançamento da Oktoberfest Curitiba 2018, que divulgou seu local e data: de 7 a 9 de setembro, no Museu Oscar Niemeyer (MON). Para fechar o Salão, a festa típica alemã trouxe música, chopp e dança para o Salão, em uma iniciativa de valorização da etnia germânica que marca a cultura paranaense.

Paulo de Angeli, diretor da De Angeli Feiras e Eventos, animado com os preparativos para o Festival das Cataratas, em Foz do Iguaçu, outro grande evento do turismo paranaense

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *