Blanca é a nova Cônsul Honorária de Espanha em Curitiba

 

 

Blanca Hernando Barco

Afinal, depois de mais de três anos de espera e expectativa, Blanca Hernando Barco foi nomeada e tomou posse  como  nova Cônsul Honorária do Reino de Espanha, em Curitiba. O ato aconteceu na noite desta quarta-feira, 27, no Memorial de Curitiba, em  solenidade a que compareceram autoridades, membros do Corpo Consular e muitos convidados, entre os quais participantes do Grupo Folclórico do Centro Espanhol do Paraná.

Para reabrir o Consulado e dar posse a Blanca, veio à Capital paranaense o

CônsulGeral Angel Vázquez entregando a Blanca o título de nomeação

Cônsul Geral de Espanha em São Paulo, Ángel Vázquez Díaz de Tuesta, que dividiu as atenções na solenidade  com o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, e com o ex-Cônsul Saturnino Hernando Gordo, pai da nova Cônsul.

Ángel Vázquez, depois de discursar, falando da  jurisdição e das  atividades e atribuições de seu Consulado, de tecer elogios a Blanca – cujos méritos a levaram a esta nomeação – e ao ex-Cônsul Saturnino (a quem pediu uma salva de palmas), leu a Carta de nomeação, vinda do Governo Espanhol.  O Cônsul Geral, que no período da tarde, realizou visita protocolar à Governadora Cida

Prefeito Rafael Greca discursando

Borghetti, no Palácio Iguaçu, também apresentou Blanca à Chefe do Executivo Estadual. Segundo Ánvel Vázquez, a nova Cônsul terá por missão, além dar de  dar atenção e apoio à comunidade espanhola, especialmente aos mais carentes, terá, ainda, entre atribuições, ampliar as relações comerciais e institucionais com o Curitiba e o Paraná.

Autoridades ouvem a execução dos Hinos da Espanha e do Brasil

Dizendo que se sentia emocionada, principalmente depois de ouvir a leitura

da Carta de nomeação, Blanca Hernando Barco agradeceu a todos aqueles que a ajudaram, especialmente aos que firmaram  o abaixo-assinado e às entidades e instituições que enviaram cartas recomendando sua nomeação. Agradeceu também à família – pai, mãe, filhos e irmão -, ao Cônsul Geral e ao Cônsul Adjunto de São Paulo, a Darci Piana, presidente da Fecomercio-PR, ao Secretário da Cultura, João Fiani, aos membros do Corpo Consular, na pessoa do presidente, Cônsul Thomas Amaral Neves. “Infelizmente – disse – nem sempre é possível fazer tudo o que desejamos, mas é importante fazermos tudo o que podemos. E o que mais quero   é fazer o que aprendi com meu pai, atendendo com carinho e atenção àqueles que precisarem do Consulado”.

O discurso final foi do prefeito Rafael Greca, muito aplaudido ao final. Ele

Blanca como Cônsul Thomas Amaral Neves, presidente do Corpo Consular, e Gláucio Geara, presidente da Associação Comercial do Paraná

começou falando da presença do conquistador espanhol  Álvar Núñes  Cabeza de Vaca no Paraná, por volta de 1540,   – o primeiro europeu a descrever as Cataratas do Iguaçu -, citando depois outros nomes de destaque, dessa mesma origem, que também muito contribuíram para a formação étnica e o desenvolvimento do Estado. Greca referiu-se ao trabalho de Saturnino Hernando Barco em favor de seus compatriotas ao longo de mais de quarenta anos e ressaltou as ações desenvolvida por Blanca Hernando Barco, seja no Consulado, como vice-Cônsul, ao lado do pai, até três anos atrás,  seja no campo cultural, onde realiza excelente trabalho junto aos grupos folclóricos.

Governadora Cida Borghetti recebeu, no Palácio Iguaçu, o Cônsul Geral de Espanha em São Paulo, Ángel Vázquez, e Blanca Hernando Barco(e) (Foto Orlando Kissner)

A solenidade terminou com a apresentação de parte do Grupo Folclórico  do Centro Espanhol do Paraná, seguida de coquetel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *